Um pouco antes de sair para um intercâmbio, é inevitável pensar no quanto estamos deixando para trás, sair do emprego, deixar a família, perder o conforto de uma casa, das facilidades de se conhecer toda a cidade…. e ainda sim, você larga tudo e vai embora.

Para começar entender isso, você precisa parar e pensar em tudo que te fez chegar até aqui e o meu caso foi: Eu preciso melhorar meu inglês se quiser continuar uma carreira em uma multinacional. Porém, a realidade é que no fundo eu queria uma vida diferente, uma cultura nova, um lugar seguro para começar minha família, mas pensar em nunca mais voltar para o Brasil me dava arrepios (e ainda dá).

Ahh como é difícil sair de casa e pensar que vamos fazer uma limpeza, cuidar de crianças, trabalhar em restaurantes lotados, não desmerecendo esses jobs, mas para quem já conheceu o outro lado da moeda, realmente não é fácil.

Dia após dia eu tento melhorar meu inglês e me adaptar as reais necessidades do mercado estrangeiro, faço cursos on-line pagos ou não, converso com especialista, olha e aplico para vagas todos os dias, mas para quem é de Humanas, ou você tem inglês fluente ou recebe um “obrigado pelo interesse, vamos manter seu CV no nosso banco de dados para futuras oportunidades”.

A dica de hoje é para que você nunca pare de sonhar e procurar formas de crescer, isso fará diferença na sua vida em qualquer lugar do Mundo. Pensar em desistir, okay, você vai pensar, mas poxa, já pensou no quão difícil foi chegar até aqui, se planejar, aguentar saudade, família, horas de voo, coisas boas que acontecem todos os dias e isso faz toda a diferença.

Prepare-se para subempregos, prepare-se para tudo! Seja realista, seja sonhador.

Have courage and be kind 🙂

Débora Cristina Soares de Souza

About Débora Cristina Soares de Souza

Leave a Reply