Tag

4U Study Archives - 4U Intercâmbio

Uma nova jornada by Thassia

By Comportamento, Irlanda, Vida de Intercambista

Hoje é o inicio de uma nova jornada para mim, Thassia Silva, mineira de alma e carioca de coração. Mas do que se trata essa jornada? Nada menos do que mudar de país. Seja por um determinado tempo, ou para sempre. E mudar de país não é fácil, nem para mim e aposto que nem para você, na verdade é bem mais difícil do que parece ser. Uma mistura de sentimento, um mix do incerto e do certo, da realização de um sonho e do INESPERADO.

Para começar, eu recebi o convite da agência 4U Study para compartilhar com vocês um pouco da minha trajetória que começa hoje rumo a Irlanda, então preparem-se para ver o intercâmbio sob o meu olhar, uma intercambista, mulher, que viaja sozinha, mas cheia de vontades. Você vai me encontrar também nas redes sociais da agência, como o Instagram e o Facebook!

A jornada começou, mas como me sinto?

Não é fácil criar coragem e desfazer as amarras. É fácil fazer as malas, comprar uma passagem e seguir o seu destino rumo a um outro país. Difícil é aceitar a nova realidade durante esse tempo, aceitar o fato de que você não pertence ao local em que viveu a maior parte da sua vida.

Porque ao partir é preciso estar preparado para se reconstruir, para aceitar que é chegado o “agora ou nunca”, a hora de se encontrar, se conhecer e definir quem você quer ser, mesmo já sendo bem crescido e evoluído. É preciso ter coragem para se desfazer das frescuras, de alguns hábitos, criar asas fortes que te ajudem a dar um dos voos mais importantes da sua vida. É preciso se desfazer de preconceitos e aprender de uma vez por todas o significado do respeito.

Mudar de país é, quase sempre, fugir de alguns problemas, e então, se ver cercado por mil outros.

É viver numa montanha-russa quando se tem medo de altura. Os primeiros meses, acredito eu, trazem a mesma sensação da subida do avião, olhando na janelinha e pensando alto, bem alto: empolgação, felicidade, orgulho de estar indo realizar o tal esperado sonho. E então, a gente acorda certo dia e percebe que reconstruir a vida não é tão lindo quanto parecia, é difícil, desgastante, cansativo. Mas a gente está lá no topo; o investimento foi caro, os seus amigos, a sua família, todo mundo que não veio está te observando de longe. Não dá para desligar a máquina, você não tem coragem de pedir para descer. Você sorri e esconde o desespero. Fecha os olhos e vai.

Com medo e sem saber se vai dar certo

Alguns desistem após a primeira descida. Outros se acostumam com a adrenalina e resolvem continuar. Porque nada melhor do que descobrir que você é capaz. Morar fora não é reconhecer os seus limites, é esticá-los um pouquinho mais, dia após dia. É descobrir que você pode ir muito além. É ralar para ser reconhecido onde você é apenas mais um e reconhecer que ser apenas mais um pode ser muito para quem chegou a ser ninguém.

Morar fora é dar luz a um novo “eu” , é ser mãe e pai de sí próprio. É sofrer para se criar sozinho e ter orgulho do adulto que você recriou. É aceitar que você jamais será o mesmo se um dia decidir voltar pra sua terra.

Dia 08/06/2018, finalmente estou iniciando essa montanha russa, minha jornada, com apenas uma certeza: que estou realizando o meu sonho, e que venham inúmeras montanhas russas e agora, você embarca comigo.

Finalmente uma intercambista

By Featured, Vida de Intercambista

Começou o intercâmbio, minha rotina mudou bastante e se resumia em: ir para a escola com a Aline, procurar a acomodação definitiva de preferência com a Aline também, ir no mercado comprar comida, continuar procurando a acomodação definitiva, procurar uma casa, procurar um teto, procurar uma cama. É gente, o primeiro desafio do intercâmbio é achar o lugar que você viverá, por enquanto nada de cerveja, nem baladinha, nem umas paqueras para praticar a língua e começar a imersão cultural (atendendo a pedidos vou escrever sobre isso. Alerta! Não esperem encontrar aqui na Irlanda um Christian Grey, quem assim como eu pensou que iria encontrar um como ele não tem, já rodei tudo isso aqui haha) o foco era encontrar o meu novo lar, assim como todas as pessoas que chegam aqui.

Achamos acomodação, hora de beber!!!

A espera foi de apenas 3 dias para encontrar a acomodação definitiva, um apartamento com um quarto para dividir entre 4 pessoas com duas 2 beliches, sala ampla, cozinha pequena e um banheiro. Consegui encontrar uma vaga com a Aline e esse dia foi uma grande alegria, já dava para começar a pensar na cerveja Guinness que eu ainda não tinha tomado.

O que foi determinante para encontrarmos rápido a acomodação, foi que estávamos em vários grupos no Facebook recebendo alertas no celular, nos sites de acomodação, fazendo contatos e novas amizades aqui em Dublin, com a mente aberta de que não teríamos o mesmo conforto que tínhamos em nossas casas e claro, simpatia e sorriso no rosto sempre. A época do ano que viemos também foi ótima, pois não era alta temporada. Enquanto não achávamos acomodação continuamos procurando, a nossa determinação foi fundamental para conseguirmos encontrar o nosso lugarzinho. Por isso, a dica aqui é, venha com o mesmo pensamento e foco. Costumo sempre dizer que não conheço ninguém que não tenha encontrado casa e trabalho no intercâmbio que realmente procurou e se empenhou em encontrar. E nesse mesmo apartamento na conhecida Dublin 8 conhecemos a Andressa, uma querida que o destino nos trouxe para dividir o apartamento e intercâmbio com a gente. Eu a Andressa também temos boas histórias, aguardem.

Sobre a escola e as aulas

Quero dividir com vocês essa foto dos meus primeiros colegas de sala, chamamos aqui de “classmates” e, o meu primeiro professor. Como estudei em muitas turmas em diferentes níveis de inglês, em 3 escolas diferentes, tive vários colegas de salas e alguns deles ainda mantemos contato, mas essa turma foi muito especial para mim e tenho certeza que para eles também. (Éramos 13 brasileiros e 1 mexicano e esse mexicano era uma das nossas alegrias, infelizmente não esta mais entre nós, onde você estiver Edisinho esse lugar terá muita alegria e risadas). Mesmo sendo 13 brasileiros na mesma sala de aula, o pessoal era muito focado, todos ali queriam mesmo aprender a língua, se esforçavam, se empenhavam e todos de sua maneira conseguiram. Gostaria de dizer o quanto sou grata pela ajuda de cada um de vocês, espero que todos estejam bem e felizes. Essa foi a turma mais especial que estudei, a cada dia, cada nova frase, palavras em inglês era uma vitória para nós. Vocês foram uma das melhores partes do meu intercâmbio e sinto saudades.

E o que a oficialmente intercambista estava sentindo?

Eu estava me sentindo aliviada por ter encontrado uma casa, por ter iniciado uma rotina mais calma, por ter feito novas amizades. Todas as partes mais burocráticas que envolviam abrir conta bancária, documentação com a imigração também estavam sendo encaminhadas e claro, eu estava me sentindo muito feliz pelas escolhas que eu tinha feito, como por exemplo a escola que era muito boa, ter vindo para Dublin que é uma cidade muito legal com um céu azul maravilhoso na primavera que até hoje me inspira. Eu só tinha boas notícias para compartilhar com meu amigos e familiares, todos estavam preocupados principalmente nos primeiros dias com a minha adaptação. O que me ajudou muito foi sempre manter a tranquilidade e principalmente permanecer confiante de que tudo daria certo. Trouxe na bagagem comigo o que eu sabia que mais me ajudaria nesses momentos e usei toda a positividade e fé que eu tinha naquele momento.
O intercâmbio tem vários objetivos, a razão principal com certeza é o aprendizado de uma nova língua, mas por traz disso, você viverá importantes momentos de aprendizado, amadurecimento e autoconhecimento. Reflita se já não está na hora de pensar em fazer um intercâmbio e começar a escrever uma nova história para você. Pode ter certeza que até mesmo o intercâmbio de um mês você já verá diferença no aprendizado de uma nova língua e mudanças em você. Boas mudanças!

Assinado: Se abra às oportunidades.

4U House: sua acomodação estudantil na Irlanda

By Acomodação, Featured, Irlanda

Quando fechamos um intercâmbio, fechamos também um pacote com direito a ansiedade, insegurança e muitas dúvidas, isso é verdade, mas nada mais tranquilizador do que ter para onde ir quando chegar ao seu destino e é por isso que, em Dublin, na Irlanda, temos a acomodação estudantil exclusiva da 4U Study.

Nossa acomodação fica localizada em uma das regiões mais nobres de Dublin, temos duas casas com entradas independentes e nelas temos 8 quartos no total e acomodam 21 alunos por vez, em quartos compartilhados ou duplos. Além de ser uma casa toda mobiliada, com os utensílios que você precisa, incluindo máquina de lavar e secar, fogão, geladeira e até roupa de cama, a casa é confortável e conta com aquecimento central.

Um dos nossos diferenciais é que a casa conta com um funcionário próprio pronto para lhe ajudar nos primeiros dias. Ele irá mostrar os locais próximos a casa como por exemplo: lojas de conveniência, mercados e ponto de ônibus. Ele ensinará como você vai se locomover da 4U house até o centro de Dublin, enfim ele te ajudará com qualquer situação na acomodação.

 

MAS O QUE É UMA ACOMODAÇÃO ESTUDANTIL?

Este tipo de acomodação é ideal para intercambistas recém-chegados em seus respectivos destinos. Normalmente é administrada por agências de intercâmbio ou escolas, contam com toda a estrutura normal de uma casa, e lembram muito um hostel, onde quartos e áreas comuns, como banheiro, sala e cozinha são compartilhados.

A acomodação estudantil também é bem mais econômica do que ficar em uma casa de família, quer saber mais sobre casa de família, clique aqui.

 

E QUAL A VANTAGEM DE FICAR EM UMA ACOMODAÇÃO ESTUDANTIL?

Para entrar no país você, obrigatoriamente, deverá ter em mãos uma carta da acomodação, hotel ou hostel. Ficando em uma acomodação especial para estudantes você além de economizar terá a oportunidade de conhecer estudantes com os mesmos objetivos que os seus, podendo inclusive se juntarem para procurar uma acomodação definitiva e ter liberdade para sair e voltar a hora que quiser, além de cuidar das suas próprias refeições e rotina.

 

Então, aproveite para incluir algumas semanas de acomodação temporária no seu orçamento e tire essa preocupação da sua frente, afinal assim você terá tempo de sobra para aproveitar ainda mais as primeiras semanas da realização do seu sonho.

Quais os motivos para se fazer intercâmbio?

By Comportamento, Featured, Vida de IntercambistaNo Comments

Quando se ouve dizer na palavra intercâmbio, qual a ideia a propósito que surge em sua mente? Já parou para pensar no leque de opções que podem lhe oferecer? Será que existem agências que são especializadas nesse tipo de serviço e que lhe proporcionam um trabalho e uma faculdade fora de seu país?

Diante dessas dúvidas, reunimos para você, um artigo elaborado especialmente sobre essas questões, onde procuramos sanar todos os seus questionamentos e dúvidas sobre os reais motivos para se fazer um intercâmbio

Intercâmbio nada mais é que uma relação cultural entre as nações, ou seja, uma possível troca de informações devindas de diferentes países. Ai vem o seguinte questionamento, quais são os reais motivos para se fazer um intercâmbio? Para isso, devemos começar primeiramente a pensar quem está por trás desse universo de trocas culturais e como fazer.

Um dos primeiros fatores a serem pensados, é a questão de valor, você deve pensar o país em que seu bolso pode te levar. Logo que seu destino foi escolhido, será que você realmente domina um pouco a questão do idioma? Pois um dos requisitos para a convivência é a comunicação, certo?

Pensado nesses pontos, é hora de escolher qual agência lhe condiciona melhores condições? E você, já parou para pensar que existem agências especializadas nesse tipo de trabalho? Pois é, e uma das maiores que está por trás dessa transação, é a 4U Study.

É um pontapé crucial para o ensino, que tem por foco central, ser uma das maiores moderadoras da evolução profissional e cultural de quem procura se realçar no tão disputado mercado internacional. 

E por que fazer um intercâmbio através da 4U Study? De um modo simplificado, é uma agência séria que garante a você, a certeza de conforto, credibilidade, e a segurança que estará viajando em boas condições, sem se deparar com frustrações.

Quando se trata da relação entre educação e ter a oportunidade de morar em outro país, podemos nos deparar com reais motivos para se fazer um intercâmbio, e o que ele pode acrescentar a quem pretende ingressar em uma vida acadêmica. Geralmente, são alunos do ensino médio que passam um período fora, que variam de 6 meses a 1 ano.

Quando acontece isso, o estudante brasileiro que vai viajar para os Estados Unidos, irá estudar em uma escola americana e será hospedado na casa de um estudante americano, uma vez que, quando o estudante americano vier ao Brasil para estudar, irá se hospedar na casa do estudante brasileiro. Tratando-se de nível médio, o foco maior no caso dos estudantes, é a expectativa de conhecer um idioma novo, e aperfeiçoar outro que talvez já tenha um pouco de controle.

Contando também, com o vasto experimento de estar em outra realidade, longe de tudo e todos que já convive há muito tempo, tendo como objetivo principal a responsabilidade por morar fora, e na construção de seu caráter como uma pessoa autônoma.

Quando você já passou do nível médio de ensino, já cursa uma faculdade, está à procura de uma pós graduação ou até mesmo um mestrado, você tem a opção de usar sua experiência no intercâmbio para garantir uma vaga no mercado de trabalho. Isso mesmo! Já parou para pensar, que você poder ter o mesmo nível de estudos que um outro candidato, e mesmo assim ser escolhido, e ele não?

Pois então, isso se deve ao fato de que eles valorizarem a experiência que você teve fora do país, e com isso aumente sua credibilidade e suas chances de se sobressair no mercado, fazendo parte assim dos reais motivos para se fazer um intercâmbio. Hoje em dia, existem muitos estudantes que optam por estudar fora do país durante um certo período exatamente por esse leque de possibilidades que é aberto a você. As mudanças pessoais, os desafios da viagem, e principalmente o domínio de um novo idioma, é o que impulsiona o profissional a buscar novos estudos.

Sem dúvidas, um setor comercial, sempre dará prioridade de contratar aquele profissional que está sempre buscando um aperfeiçoamento, e o intercâmbio é um deles, sem a menor sombra de dúvidas. Especialmente as empresas multinacionais ou as que importam e exportam produtos. Até mesmo nas propostas para escolher os treinee, esse experimento é um quesito que faz total distinção ao currículo do candidato. Outro benefício, é o de descobrir talentos que as vezes nem você imaginava que possuía.

Tomamos como exemplo, a descoberta relacionada a algum esporte, seja ele aquático, esqui na neve, ou golfe, pois são alguns dos esportes que talvez você não tenha tido a oportunidade de praticar, e, talvez também, seria algo que você nunca teria tentado se não saísse do Brasil. Vão te proporcionar também, a chance também de aproveitar as mais diversificadas formas de se divertir e se distrair.

Peças de teatro, os mais variados tipos de festivais de música, filmes, exposições de artes, museus, danças culturais, são somente algumas das comemorações, que você terá direito de usufruir. E algo que vai te deixar muito feliz, a maioria deles tem a entrada gratuita! Outro dos reais motivos para se fazer um intercâmbio, é a construção de amizades, que é um dos privilégios de se estudar no exterior. É a abertura que você tem de conquistar novas amizades, de diferentes culturas e origens, que você vai ter o privilégio de levar pela resto de sua vida. Quando você ingressa em um intercâmbio, a escola de idiomas fará parte do seu cotidiano, abrindo a possibilidade de você estar sempre por perto de pessoas novas. Nesta condição, você sempre terá o contato imediato com origens diferenciadas, o que lhe acarretará um bom desenvolvimento em seus estudos.

Logo após ressaltarmos o que você irá aprender em um intercâmbio, vamos elencar a você uma sugestão de lista rápida ao tomar essa iniciativa, sendo alguns pontos de atribuições:

  • Conhecimento: praticar a falar fluentemente uma nova língua, é um grande desafio para quem busca uma nova opção de vida, morando em outro país, devido ao fato de estar morando fora, você automaticamente treina um novo idioma fora;
  • Atualização do seu idioma: se você já fala fluente outra língua, ótimo! Nada melhor que um treinamento para sempre melhorar;
  • Cultura: muito além de você já conhecer, ter a convivência e frequentar ambientes que lhe exponha uma nova cultura, é de suma importância que você respeite a cultura daquelas pessoas que os cercam, respeitando os valores, tradições e hábitos de cada povo;
  • A vida e suas experiências: o fato e você se tornar maduro e independente, conseguir sair da rotina, valorizar sua família que sempre está ao seu lado, e conseguir se conhecer melhor, saber sobre sua própria capacidade;
  • Vivenciar: saber desfrutar de experiências simples que você passava com sua família, e que no intercâmbio se torna muito valioso.

Há também, a importância de se contratar agências como a 4U Stady, e vamos citar os benefícios que você tem ao adquirir o pacote:

  • Segurança: quando se vai viajar, sem dúvidas, é uma das mais evidentes exigências. Fique de olho em quanto tempo a agência atua na áreas, o eu tem a oferecer, quantas lojas possui ao todo;
  • Certifique-se sempre dá credibilidade da empresa;
  • Acessibilidade: primeiramente, deve-se conhecer a agência e seus componentes, isso acarreta a você viajante, uma demanda facilitadora que varia de:
  • Encaminhamento de serviços do próprio suporte, que vai de uma simples emissão de carteirinhas, até a serviços prestados por despachantes;
  • Agilidade de pagamentos, e no cobrimento de aplicativos.
  • Prestação de informação: é aquilo que gera melhores condições no ao adquirir contrato com determinada agência.
  • Isso acomoda desde o princípio da escolha do destino da viagem, até datas previstas de ida e volta.
  • Rendimento e aproveitamento: se você analisar minuciosamente as etapas que foram inseridas acima, acaba que o estudante têm o os riscos de não se adaptar suspensos e vai poder aproveitar muito melhor tudo aquilo que o programa no qual foi adquirido, possa lhe oferecer.

Se você almeja realmente ingressar a um intercâmbio, faça essa lista e leve sempre consigo, assim você conseguirá conciliar o que você realmente necessita para realizar esse sonho. Como vimos, aprender uma língua nova fora do seu país, é uma forma muito positiva de resultados. A partir disso, vamos ver quais os benefícios que nos traz. Se seu desejo é conseguir adquirir uma fluência em um idioma que talvez você já saiba, ou em outro que você queira aprender, estudar fora será uma perfeita maneira de se tornar aproximado do idioma que você almeja aprender. Já se foi confirmado que esta é uma das mais eficazes maneiras de se aprender.

As vivências do dia-a-dia, com a comunidade presente, fazem com que o estímulo e o raciocínio do novo idioma se enriqueçam, no entanto, compreender novos tipos de vocabulários e línguas, que assegura a ótima junção para aprender rápido, concreto e duradouro. Para assegurar esse experimento e tornar que ele seja completo, é extremamente importante que você possa contar no Brasil.

Com a ajuda de uma agência que seja muito responsável de intercâmbio, que lhe encaminhará com relação às opções na escolha do seu curso de idiomas fora do seu país, que seja de forma integra com o estudante, ao busque sempre o melhor para suprir e incumbir as necessidades. Uma das opções encontradas de escola de idiomas, se trata da Experimento, que em sua grade curricular, tem o prazer de poder oferecer cursos, em 8 diferentes línguas, sendo eles em mais de 20 países, na qual se atribui apenas perante as melhores escolas de idiomas que se encontram no mundo.

Contudo, pudemos observar nesse artigo, o que é um intercâmbio, como podemos contratar um com segurança, a credibilidade que ele nos dispõe ao tentarmos ingressar na carreira de trabalho e os reais motivos para se fazer um intercâmbio. Portanto, se você deseja que sua carreira evolua, que você tenha muitas coisas a favor de seu lado profissional, pense no assunto.

Como escolher uma acomodação definitiva?

By Acomodação, Featured, IrlandaNo Comments

agora que você já sabe como escolher a sua acomodação temporária, vamos entender como você encontrará sua acomodação definitiva!

Os contratos de aluguel, normalmente, tem duração de 01 ano, mas como você fará se seu intercâmbio terá só 08 meses?

A primeira coisa super importante que você deve saber se familiarizar é o termo “passar a vaga”, mas como isso funciona? Quando alugamos uma casa ou uma vaga, pagamos um depósito, que costuma ser o mesmo valor do aluguel, e lhe será devolvido logo que deixar a casa (caso não ocorra nenhum problema na sua estadia), ou seja, se o aluguel for 300 euros, no primeiro dia, você pagará 600, sendo 300 euros do depósito + 300 euros do primeiro aluguel.

DICA! Leve em consideração a distância até o centro e até a sua escola.

A escola é onde você vai passar boa parte do seu tempo e é prioridade. Morar a uma distância que de para ir apé ou de bicicleta não só é uma facilidade como uma super economia.

Se você alugar uma casa do zero, você terá a oportunidade de escolher as pessoas que deseja compartilhar a moradia, facilitando a analise do perfil de cada um, e a chance de uma convivência mais amena. Além da vantagem de poder colocar gringos para morarem com você e assim forçar a comunicação em inglês e melhorar ainda mais seu intercâmbio.

Neste caso, você fará um contrato com a imobiliária ou diretamente com o “Landlord” que nada mais é que o proprietário da residência, e antes de mais nada, lembre-se de avisar que você precisará deixar a casa antes de 01 ano devido à seu visto, e se é permitido você passar a casa para uma próxima pessoa, para garantir o reembolso de seu depósito.

Se a sua opção for, alugar uma vaga em uma casa já compartilhada, é mais fácil ainda, pois você não terá um contrato, então, assim que desejar deixar a casa, você poderá anunciar nos canais do Facebook e colocar uma pessoa em seu lugar. Essa pessoa pagará o depósito para entrar na casa, e o responsável pela casa devolverá o seu dinheiro.

Porém, neste caso, você não terá a oportunidade de escolher quem vai morar com você, e sim será o escolhido, e o risco de morar com muitos brasileiros, ou com pessoas que não combinam com seu estilo de vida é muito maior. Mas claro, pode ser que dê super certo. Tudo é aprendizado!

Programe-se! O aluguel em Dublin,

capital da Irlanda, é um dos mais caros.

Pesquise bem antes de fechar sua acomodação!

Como escolher a vaga certa?

Você não pode perder tempo com a vaga errada, então, vamos garantir que ela realmente é a melhor opção que deseja!

Os tipos de acomodações são:

Single Room: É o quarto para uma pessoa, com uma cama de solteiro. Opção para quem quer mais privacidade e conforto. São acomodações mais caras, mas com garantia de privacidade.

Double Room : Quarto para casal, com uma cama de casal

Twin Room: É o quarto com duas camas de solteiro. Quem está procurando com um amigo para dividir acomodação essa é uma excelente opção.

Shared Room: É a opção mais econômica. É o quarto com duas ou mais camas de solteiro. Acomodações mais econômicas, quartos com beliches.

Como funcionam as buscas?

O maior site de casas na região é o www.daft.ie, com inúmeras propostas para todos os tipos de bolso! Basta entrar em contato e agendar uma visita na residência, se ambas às partes gostarem, negócio fechado!

Já para casas compartilhadas, o maior canal hoje é o facebook! Existem uma série de classificados na Irlanda, como “Classificados Dublin” “Brasileiros em Dublin”, onde as pessoas anunciam as vagas que estão passando, e também basta entrar em contato e marcar uma visita, mas lembre-se, é bem concorrido pelo Facebook.

Uma super dica: as imobiliárias costumam pedir carta de recomendação de emprego ou em inglês “recommendation letter”, porém, você poderá ainda não estar trabalhando!

Em muitos casos as cartas de recomendação do Brasil são válidas,  eu consegui meu primeiro apartamento, com apenas 03 dias em Dublin, pelo site Daft.ie. Trouxe a minha carta de recomendação em inglês,  apresentei e aceitaram! Se tiverem oportunidade, tragam uma carta de referência de seu último empregador.

Mas por fim, não se preocupem com isso, venham sem esse medo, 99% dos brasileiros que vieram para Dublin, não vieram com vagas definitivas, e todos encontraram um lar para chamarem de seu! Se você procurar, terá a mesma sorte.

Visite o máximo de acomodações possíveis. A fase de buscar acomodação e moradia em Dublin não é tarefa fácil, mas é excelente conhecer vários locais para poder comparar e negociar. Espero que nossas dicas de hoje tenham sido muito úteis para vocês!

Deixe seu comentário, diga se curtiu 😉