fbpx

Carrinho

Ser intercambista está muito mais ligado à descobertas do que estudos de uma nova língua ou cultura, ser intercambista esta diretamente ligado a mudanças internas que você encontrará vestígios pelo resto da sua vida (dramático, não?!).

O fato é que cada pessoa começa com o sonho de viajar pelo mundo com um objetivo diferente, uns querem apenas estudar, outros conhecer novos lugares, pessoas, culturas, outras querem apenas fugir das suas vidas… por fim, todos esses objetivos viram você de cabeça para baixo.

Depois de alguns anos em um intercâmbio olhamos pra trás e mal reconhecemos o que éramos no Brasil e ainda acreditamos que essa foi a melhor decisão que tomamos na minha vida, afinal nos transformamos pessoas mais responsáveis e de mente e coração aberto, somos mais alegres e decididos e muitas vezes, mais sérios e concentrados.

Sei que cada decisão, cada atitude vão interferir completamente no meu “amanhã” e por isso, ao mesmo tempo que sonho e aproveito, nunca fui tão planejada com os meus dias.

De todas as maneiras, tento transformar todos meus sonhos e pensamentos em realidade e acredite, a partir do momento que você deixa tudo que conhece, toda sua base familiar, seu emprego e amigos para trás você começa acreditar que nada é tão difícil quanto parece, em algum momento eu devo ter tomado uma dose incrível de coragem.

Ser intercambista também é se submeter aos olhares estranhos da população local, também é se enrolar na hora de pedir um almoço, é chorar no Skype, é ser cleaner, ser au pair, ser kitchen porter, é ser desbravador de pubs, é contar dinheiro e planejar trips pelo Mundo todo. É encontrar tantas culturas e se perder no meio delas também, é começar a pensar que talvez aqui seja o melhor lugar pra se viver (sim, isso acontece comigo) e não se sinta culpado ou egoísta, por achar que o Brasil não é mais sua casa, afinal, quando se ganha o Mundo é difícil criar raízes, mas é ai que esta magia.

serintercambista65161.jpg

Sim, eu tenho coisas ruins para contar, claro que tenho, mas perto das coisas boas que acontecem durante essa viagem de descobertas, tudo que é ruim fica pequeno. Você vai começar como intercambista e de repente vai virar cidadão do Mundo.

E não tenha medo de sonhar, de se perder e se achar, encontre a magia, pule, dance e celebre cada dia como se fosse o último, poucos tem a coragem de carregar esse “título”, então porquê não dar o seu melhor para ser diferente, para entender definitivamente que, aprender uma nova língua é só a ponta do iceberg de um intercâmbio!

Seja intercambista, seja de corpo, alma e coração, seja por inteiro o que muitos nunca serão. Seja luz e faça a diferença por onde passar. 

Leave a Reply