Não seria exagero começar este artigo da seguinte forma: imagine viver quase no paraíso, praias, um clima bem parecido com o do Brasil, povo hospitaleiro e que você pode fazer um intercâmbio com direito a trabalhar legalmente no pais. Sim, isso é a Austrália.

A quantidade de brasileiros em terras australianas tem aumentando consideravelmente, afinal, não é difícil se apaixonar pela qualidade de vida, segurança e todos os itens que já enumeramos por aqui e a quantidade de pessoas que querem imigrar definitivamente também não é pequena.

Sydney Opera House | Austrália

Como é morar na Austrália?

Vamos começar falando de tamanho, a Austrália é um país gigante, literalmente falando. Sua extensão territorial permite que o país tenha todos os tipos de clima. Desde faixas de areias brancas da costa leste,
neve nas montanhas do estado da Vitória, até o árido deserto Outback, que cobre toda a região central australiana, o que faz termos a certeza de que por aqui, todos podem se agradar um pouco.

Com essa diferença de clima, também acontece a diferença entre as cidades, empresas, estilo de vida, esportes, custo de vida, etc. Isso também define a forma como cada um se relaciona com o próximo pois, aqui, o clima afeta bastante o comportamento, combinado com os fatores culturais de cada cidade. Resumindo, quanto mais calor, mais receptivo é a população 🙂

Onde Morar na Austrália?

A escolha da cidade vai influenciar muito seu intercâmbio. Cada canto da Australia tem características bem específicas e vai interferir em como você vai viver enquanto estiver na Austrália, além disso o custo de vida e até o sotaque variam muito de um local para outro.

Sydney e Perth são as mais metropolitanas, junto com Melbourne, a cosmopolitan e que neva como se fosse na Suíça, com direito a estação de Ski durante o inverno. Porém se prefere cidade grande com praias magnificas, lembre-se de Gold Coast, são 70km de praia com vários dos melhores picos de surf do mundo, consequentemente, um publico mais jovem.

Para um vida mais sossegada, ao ar livre e pé na areia, Sunshine Coast e Byron Bay. E se mesmo na Austrália quer ficar pertinho do frio e da neve, além de Melbourne, temos Canberra na lista também.

Mas falando em intercâmbio, indicamos que fique com Melbourne. Uma cidade completa, com a diversidade que um intercambista precisa, qualidade de vida e claro, perto de tudo!

Qualidade de vida na Austrália

Quando nos deparamos com listas de “melhores cidades para se viver”, “lugar mais seguro do Mundo”, “Top 10 em qualidade de vida”, nos deparamos com diversas cidades da Australia, sempre.

Isso porquê a união entre segurança, qualidade na educação, paisagens belíssimas e clima agradável torna realmente um lugar quase perfeito para se viver. O índice de violência e assaltos é baixíssimo, a renda é muito bem dividida e quase nunca houve-se falar sobre corrupção. Não é à toa que todos os brasileiros que vem para cá dizem que o país é o Brasil que deu certo.

Aqui, os empregos possuem uma faixa salarial não tão desbalanceada como é no Brasil e a oferta de emprego é muito alta. Isso faz com que quase todos os australianos tenham um bom poder aquisitivo e uma qualidade de vida alta. Isso faz com que, um garçom, um advogado, um médico, uma faxineira, tenham realmente uma vida agradável, podendo por exemplo viajar, trocar de celular ou carro todo ano.

Existem diversas áreas de lazer espalhadas pelas cidades, principalmente nas regiões centrais. É muito comum o australiano tirar um momento de descanso durante o horário de almoço (lunch break) para realizar suas refeições e relaxar nos parques das cidades antes de voltar para o trabalho.

O transporte público na Austrália também é sempre de muita qualidade e o que não irá faltar será coisas para fazer e aproveitar toda essa estrutura. Você irá encontrar diversas opções de lazer como lojas, shoppings, cafés, bares, restaurantes e festas. Muitas das cidades australianas possuem bairros mundialmente conhecidos pela sua vida agitada, como Kings Cross em Sydney ou Surfer’s Paradise em Gold Coast.

Custo de vida na Austrália

Toda essa qualidade de vida, porém, tem um preço. E ele é alto.
A Austrália é realmente um país caro para se morar e, dependendo da cidade que você escolher e da sua renda, seu poder de compra e, consequentemente sua qualidade de vida, irão mudar. Por isso, é preciso prestar bastante atenção no custo de vida da cidade que você quer morar antes de qualquer coisa.

Cidades grandes e populosas, como Sydney, [Melbourne e Perth, têm um custo de vida muito mais alto do que cidades com menos habitantes, como Gold Coast e Brisbane, por exemplo, mas também possuem mais oportunidades e o seu salário vai ser maior.

O aluguel das grandes cidades é alto, e nós como intercambistas acabamos sempre optando por dividir um apartamento e mesmo que a liberdade possa diminuir, você economiza e faz amizade.

A 4U sempre recomenda que nas primeiras semanas você fique em uma acomodação estudantil ou casa de familia, assim você terá tempo de escolher um bom lugar para morar e ir se acostumando com a cidade.

Como é o trabalho na Austrália?

As oportunidades sempre existiram, mas tenho um frase que sempre falo: “quanto menor seu nível de inglês, mais pesado será o seu trabalho”. Por isso, durante o seu planejamento dedique-se aos estudos, bem antes do embarque.

Mas vamos ser honesto, como a Austrália é um grande atrativo para diversos imigrantes do mundo inteiro, é natural que a competitividade em vagas de serviço, principalmente, seja maior. Minha dica é: não desanime! Conte para todos ao seu redor que está buscando um emprego, em qualquer lugar do Mundo a indicação (famoso QI), continua sendo a melhor ferramenta.

Aproveite para se qualificar cada vez mais. Como a população da Australia é pequena, diversos setores estão com profissionais escassos, como na area da saúde, tecnologia e diversas engenharias. As maiores oportunidades costumam ser para chef de cozinha, carpinteiro, engenheiro, arquiteto, analista de sistema, desenvolvedor, enfermeiros, gerente de creche, eletricista, mecânico, fisioterapeuta, entre outros.

intercambio-australia-4ustudy

 

Não tenha medo de trabalhar, além de ser a sua chance de aprender inglês mais rápido, também será o momento de ganhar um bom dinheiro e investir sempre mais em você e nos seus sonhos.

Como o australiano trata os brasileiros?

O país é novo, mais novo do que o Brasil inclusive e que conta uma taxa de imigração muito alta, por isso, em geral, qualquer imigrante, brasileiro ou não, é bem recebido.

Uma rápida curiosidade é que ela foi inicialmente colonizada para ser uma espécie de “exílio”, onde os prisioneiros da Inglaterra, em sua maioria ingleses e irlandeses, eram enviados para cumprir pena. Depois desse período, diversas outras etnias migraram para a Austrália, com pessoas vindas de diversos países da Europa, Ásia e também da América do Sul, principalmente brasileiros.

Essa grande quantidade de nacionalidades cria um mix cultural muito grande, com várias religiões, várias etnias e costumes diferentes, fazendo com que você encontre uma mistura única de culturas na Austrália. E, por mais que exista uma coexistência muito grande de várias pessoas de lugares diferentes, o índice de conflito é muito baixo.

Os estudantes internacionais também são muito bem vistos pelos locais. A integração social entre diferentes culturas acontece desde que o país nasceu e, ainda por cima, os estudantes estrangeiros enchem os cofres do país.
Para você ter uma ideia, a área de educação estrangeira, ou seja, a indústria do intercâmbio (cursos de línguas, universidades e cursos técnicos) é o terceiro maior mercado de exportação da Austrália.

E se ainda tem dúvidas se vale a pena…

Seja para a Austrália ou qualquer outro lugar do Mundo é natural ter medo, uma mudança como essa vai mexer com sua vida para sempre, por isso temos algumas dicas extras:

  • Chegue com a cultural e leis na ponta da língua. Não precisa ser tudo, claro, mas esse é o básico para ser respeitado, puxar conversa e não fazer nada de errado em um pais novo.
  • Be kind. Cuide do país como se fosse o seu. Respeite os próximos e, principalmente, ao meio ambiente. Eles valorizam demais isso. Tente agregar algo, mesmo nas menores interações. Os australianos são muito abertos e adoram conhecer pessoas novas e interessantes.
  • Work Hard. Reconhecimento é algo que realmente acontece na Austrália. Os resultados de um curso bem feito e com notas altas é sempre muito bem avaliado pelas empresas, que analisam as notas individuais em comparação aos outros alunos da sua sala de aula, por exemplo.

Abra a sua cabeça e viva esse momento intensamente.

 

Comece agora mesmo o seu planejamento para estudar e trabalhar na Austrália

26 de junho de 2019

Fechar intercâmbio com agência ou direto com a escola?

17 de junho de 2019

Desembarcamos no Youtube!

16 de maio de 2019

Pub PantiBar – conheça um clássico de Dublin

Leave a Reply