Category

Vida de Intercambista

Desculpe, mas escolhi ficar

By Comportamento, Vida de IntercambistaNo Comments

Quando o tom parece um desabafo da alma demoramos aceitar o que coração diz, demoramos para acreditar e entender que no fundo, não somos simplesmente pessoas egoístas que desfruta de uma vida na Europa.

Há quase 3 anos eu saia do Brasil com lágrimas que pareciam eternas, vi uma família inteira no aeroporto se agarrando a mim como nunca, vi nos olhos do meu pai a mesma tristeza que se vê nos olhos de alguém que sofre calado, doeu e ainda dói, duvido muito que isso irá mudar um dia, mas não é sobre dores que quero falar.

Quando saímos do lado do nossa família, amigos, rotina, trabalho a vida simplesmente renasce e não acredito que o motivo seja porque estávamos presos, mas sim porque não nos conhecemos de verdade.

Olhei para mim mesma e vi quantos medos acumulados tinha, olhei para mim mesma com olhos maternos e me dei a chance de me perdoar por “deixar tudo para trás” e me aventurar no desconhecido.

13051600_806862399445530_632637410457966833_n.jpg

O medo do julgamento demorou para sair do meu coração, a aceitação própria veio com o tempo, o coração foi se enchendo de garra e perdendo aquele background depressivo. Ouvi meus sonhos, desejos, intuição, ouvi Deus, ouvi aqueles que me amam, apoiam, ouvi que a crise existe e que você também quer vir pra cá.

O excesso de cobrança me fez acreditar que eu não conseguiria, afinal lavar banheiros e ser babá não parecia ser o melhor cenário, e não é, mas é sendo babá, cleaner e fazendo estágio na minha área que eu moro bem com meu marido, que cozinhamos juntos, fazemos compras, dançamos na sala e bebemos vinho ao som das nossas musicas preferidas e é com todos essas “obrigações” que aprendi a ser forte, deixar de frescura e ainda trabalhar só de segunda sexta até ás 6pm.

Escolher ficar é muito diferente de não ter outra opção. Eu poderia voltar, seria feliz, mas no momento quero continuar me deliciando com as descobertas que tenho feito sobre meu eu e sentindo o ar fresco da Irlanda que para mim é como se Deus estivesse
ali dizendo: “Aguenta, Eu estou aqui”.

Se está vindo ou já chegou, simplesmente respire fundo e acredite que tudo vai ficar bem, nenhuma experiência é desperdiçada. O fato é que morar fora do seu país é para os fortes. Apenas não desista facilmente. 

O que é o PPS?

By Irlanda, Vida de Intercambista, Imigração, DocumentaçãoNo Comments

Vamos falar de regras um pouquinho, afinal a vida não é só pint e compras na Pennys, my dear! Se ainda não ouviu falar do famoso PPS Number, você vai ouvir e vai entender porque ele é tão necessário assim que chegar na Ilha (SE você quiser trabalhar, of course)

PPS = Personal Public Service 

Para entender melhor, o PPS é bem parecido com o nosso CPF no Brasil, já que ele é um numero usado para se obter benefícios da assistência social, carteira de habilitação e o principal: TRABALHAR LEGALMENTE NA IRLANDA.

Seria incrível chegar na ilha e obter um cartãozinho desse facilmente, mas não, o governo não facilita tanto assim e você precisa se enquadrar em algumas situações, como:

 

  • Ter uma carta com uma oferta de trabalho
  • Candidatar-se para tirar a carteira de motorista
  • Marcar seu casamento na Irlanda (com europeu ou não)
  • Ou ser cidadão europeu

 

Lembrando que o PPS é exigido principalmente pelas empresas, ou seja, ele não altera em nada a obtenção do seu visto. A parte chata é que muitas empresas simplesmente não te dão trabalho, pois você não tem PPS, acreditam que esse processo é demorado e você não poderá começar trabalhar sem registro. Isso dificulta um pouco as coisas, mas vamos seguir.

 

E como eu obtenho o PPS se me enquadrar em alguma categoria? 

Tenha em mãos: Passaporte, Comprovante de Residência e o motivo pelo qual precisa do PPS (Habilitação, casamento ou carta do empregador). 

Tudo em mãos faça o cadastro e agende um horário no MyWelfare website.

 

mywelfare_post

 

Agora é só esperar, seu PPS chegará na sua casa via correio em um prazo aproximado de 5 dias.

Lembrando que o PPS não é emitido para visto de turista. Você precisa ter permissão para trabalhar para solicitar o documento, okay?

Então só reforçando: cursos com 25 semanas ou mais dão direito ao trabalho = 20h de trabalho por semana durante o período letivo e 40h durante as férias. Em outro post, vamos falar um pouquinho mais sobre os tipos de visto na Irlanda, não se preocupe 😉

Palavra do coração ❤ seja honesto e não caia em enrascadas como “falsificar carta de empresas”, inventar motivos ou algo do tipo. Se quer que o bem volte pra você, haja da maneira correta, tenha argumentos para conseguir a carta e paciência. A vida te devolve aquilo que você dá pra ela.

Leve a sério ou fique onde está

By Comportamento, Vida de IntercambistaNo Comments

Não raras vezes ouvimos pessoas criticando fortemente seu próprio intercâmbio, o país de escolha, a escola de línguas, não raras vezes ouvi das mesmas pessoas sobre “arrependimento” ou falta de aproveitamento durante o curso.

Com tantas conversas, consegui observar 3 pontos em comum na maioria delas e descobri que é assim que você começa a matar seus próprios sonhos.

1 – O intercambista já sai do Brasil desinformado sobre o país e a nova cultura, não se deu ao trabalho de se planejar e acompanhar de perto o que acontece na sua nova casa. É tanta empolgação, que muitos deixam passar pontos essenciais. 

2 – O despreparo financeiro é nítido e isso faz com que a maior parte aceite ser explorado ou experiências profissionais desgastantes, afetando seu rendimento escolar e motivação. 

3 – O terceiro ponto e não menos importante é a barreira cultural que essa pessoa normalmente impõe, ou seja, foge do dia-a-dia local por conta da língua e começa a viver, morar, sair, se relacionar, apenas com brasileiros. 

Essa combinação ou até mesmo um dos pontos isolados é um verdadeiro “afundador de intercâmbio”, com isso meu caro, você voltará para o Brasil com o inglês básico e com a mente talvez mais fechada de quando partiu.

Um intercâmbio precisa ser vivido em sua total extensão, saia do Brasil consciente das suas escolhas, leia jornais do país, estude sobre os hábitos da população, sobre as leis, as vantagens e desvantagens, o clima, corte um pouco as relações com o Brasil, com a família e amigos que deixou por lá, acredite, não tenho um coração de pedra, mas ligar o Skype todos os dias se lamentando, vai fazer você perder muita coisa. Entre em lojas, pergunte preços, especificações de produto, finja estar perdido na rua, converse no trem, no taxi, no bar, na farmácia, faça um blog, escreva, leia, viva o que muitos gostariam de viver.

Não se permita ser apenas mais um com fotos bonitinhas nas redes sociais, mas que no fundo, não sabe nem uma gíria local. Fazer tudo isso não irá garantir seu sucesso, mas com certeza te deixará anos luz à frente da maioria.

Leve seu intercâmbio a sério, ou use todo o investimento para outro fim. Essa pode ser a melhor (ou pior) experiência da sua vida, depende de você fazer acontecer.

Equilibrio x Intercâmbio

By Comportamento, Vida de IntercambistaNo Comments

cropped-acc7847367c3408c7a4a8e15a79d8c2c.jpgEncontrar o controle emocional diante de tantas novidades e bombardeio frenético da sociedade não é tarefa fácil, mas buscar informações, orientações e refugio para sua alma podem te ajudar. O fato é quer ver alguma beleza em todas as coisas, muda e muito sua maneira de ver o Mundo.

Okay, mas quando eu descobri que era realmente necessário buscar uma conexão maior comigo? 

Quando fechei a mala e entrei em um avião rumo a Irlanda há 1 ano e meio atrás. A primeira viagem de avião, primeira vez morando sem os pais, primeira vez morando com o namorado[agora marido] e descobrindo novas línguas, culturas, religiões, empregos, carates, descobrindo um novo eu. Era apenas uma maneira de sair do: “I’m Deborah. How are you?” e acabou virando vida-casa-família.

Tudo está apenas começando, mas quero poder compartilhar sonhos, verdades e a realidade atrás do sonho de viver no estrangeiro. É magico, of course, mas definitivamente não é para qualquer um.

Processed with VSCO with t2 preset

Take your time, não tenha pressa e viva intensamente a fase do “intercambio”, afinal eu aposto que tudo isso vai ser no minima intenso para você também.

Você precisa encontrar um ponto de equilíbrio, um lugar de paz, uma maneira de sonhar e viver como seu tudo neste Mundo fosse simplesmente único, alias, realmente é e muitas vezes perdemos a chance de ver isso e apenas deixamos passar.

Lembre-se se você já esta no intercambio, está realizando o sonhos podem ser que nem realizem e se você está sonhando, trace uma meta, um plano e não deixe isso morrer.

I hope you can enjoy everything with love and peace, just breathe and go ahead.

Phoenix Park em Dublin

By Irlanda, Destinos, Vida de IntercambistaNo Comments

 

A  vida na Irlanda, pode ser tranquila e de muita qualidade se você quiser que assim seja, sim, porque se você optar por uma vida agitada cheia de pubs de segunda à segunda você também terá, como sou do tipo “caseira”, me apaixonei pelo lado mais “calmo” da Irlanda.

Começando a saga de lugares onde ir, temos o enorme e lindo Phoenix Park em Dublin, com ótima localização, ele é duas vezes maior que o Central Park de Nova York e foi inaugurado em 1662, na época ele era beeem maior.

Uma das principais atrações do parque são os fofos cervos, são mais de 300, que vivem tranquilamente em uma grande área aberta para o público, você pode alimenta-los (com consciência) e observa-los nas floresta e campos.

Dentro do Phoenix Park você também pode encontrar outras atrações e deixar seu passeio mais completo. Isso inclui a “Áras an Uachtaráin” ou Casa do Presidente que já acolheu a Rainha Vitória da Inglaterra e hoje é o lar da atual presidente, o Zoo de Dublin, o Wellington Monument que homenageia as vitórias do Duque de Wellington, a Cruz Papal que marca a celebração da Missa de João Paulo II em 1979, o Magazine Fort, um antigo forte onde eram guardadas armas do exército irlandês, além de centro de visitação, um pequeno castelo, muitos lagos, playground, área para pratica de esportes e paisagens lindas para aproveitar seu dia.

O parque também é ponto de encontro no verão e recebe vários eventos durante o ano.

Saiba um pouquinho mais no site oficial http://www.phoenixpark.ie/

phonix park map

Reserve um dia inteiro para a visita! Vale realmente a pena, só não esqueça de olhar a previsão antes, essa sim é nossa “grande inimiga” na Ilha Esmeralda. Ahhh você também pode alugar bicicletas na entrada do parque 🙂

Por que ser bilingue pode beneficiar sua carreira?

By Vida de IntercambistaNo Comments

Omercado de trabalho, em todos os setores e níveis, está cada vez mais competitivo e isso não é novidade para ninguém. Um dos motivos mais evidentes é a facilidade que temos para adquirir conhecimento com novas ferramentas, faculdades online, cursos de curta duração e isso tornou os empregadores cada mais exigentes na hora de selecionar o candidato ideal, porém uma dica: ser bilíngue ainda abre mais portas do que você imagina e não estamos falando apenas do aumento da sua capacidade de comunicação.

Comece o quanto antes

Quanto mais cedo começar a estudar uma nova língua, mais fácil vai ser sua absorção, mas não desanime se começar a achar que está tarde demais para você, o importante é começar. Organize sua vida e crie uma rotina de estudos que torne prazeroso esse momento.

A geografia não importa

Sabemos que a tecnologia encabeça o crescimento de economia global, o que transforma a ideia de se trabalhar remotamente uma realidade de muitas empresas que buscam talentos pelo mundo, mas neste caso ser bilíngue é o mínimo que você pode oferecer como “diferencial”. A lista de benefícios ao se trabalhar a distância é extensa, mas disciplina aqui é indispensável. Ter conhecimento em uma língua estrangeira aumenta o seu leque de oportunidades e poderá transformar o “home office” uma realidade na sua vida.

O poder por trás de ser bilingue

Segundo pesquisas, um cérebro bilingue produz mais massa cinzenta (diretamente ligado à inteligência), atrasa o envelhecimento, melhora sua memória e atenção, previne o Alzheimer, aumenta sua capacidade de decisão e ainda te dá uma visão mais ampla do mundo ao seu redor e compreensão de novas culturas. Grandes empresas sabem disso e quando buscam profissionais bilingues, estão também de olho em todos esses diferencias.

Multilinguismo

Se você busca um emprego no momento, você está certamente encontrando um grande volume de posições abertas que exigem o conhecimento de uma segunda ou até terceira língua. Como mencionado anteriormente, a era digital abriu muitas fronteiras internacionais que permitem a integração dos funcionários, independentemente da localização geográfica. Além disso, pare para pensar: quantas multinacionais existem na sua região?

Sua carreira merece atenção, abra sua mente e descubra novos caminhos. Se não está feliz na sua área, mudar a direção deve ser avaliado, planeje-se, estude, pesquise o que a empresa dos seus sonhos busca em seus profissionais, faça novas conexões, explore. Não ter tempo ou dinheiro para investir em conhecimento ou até em um intercâmbio, não é uma desculpa, pelo menos não para nós da 4U Study, que acreditamos que o seu sucesso depende apenas de você e do seu planejamento.

Venha falar com a gente para ter certeza sobre tudo isso 😉

Imigração ainda no aeroporto de Dublin

By Vida de Intercambista, ImigraçãoNo Comments

É fato que assim que começar planejar seu intercâmbio, dúvidas (e pavor) com a imigração andarão ao seu lado, meu objetivo hoje não é detalhar sobre leis e afins, mas tentar te tranquilizar e deixar seu caminho o menos complicado possível ao chegar aqui na Ilha Esmeralda.

Logo no desembarque você passará pela imigração, uma checagem “rápida”, mas rigorosa da sua documentação. Respire fundo e se você não foi agraciado por um passaporte vermelho dirija-se as cabines NON-EU.

Abaixo algumas dicas super simples que deixaram sua passagem pela imigração mais tranquila (isso vale para o aeroporto, okay?)

  • Com pelo menos 1 mês de antecedência, verifique se esta com toda documentação exigida para entrar no país. O básico são: passaporte, carta da escola, carta da acomodação, comprovação financeira, passagem de volta para o Brasil e seguro de saúde governamental, todos esses são obrigatórios (isso falando baseado na entrada de estudante no país).
  • Faça esse check-list sempre quando se sentir inseguro e não se esqueça de ler todas as informações e seus dados, uma simples letra errada pode te trazer dores de cabeça.
  • Traga todos os documentos na sua mala de mão e de preferência em uma pasta separada. Quanto mais organizado e ágil você for, menos perguntas serão feitas.
  • Sim, a primeira passagem pela imigração logo no desembarque, antes mesmo de você pegar suas malas e provavelmente irão fazer algumas perguntas, venha preparado, treine isto em inglês. Normalmente são perguntas como: Quando suas aulas começam? Qual é a sua escola? Por quanto tempo você vai ficar na Irlanda? – Lembrando, meus queridos, que depende de agente para agente. Para mim não perguntaram nada, mas para o meu marido foi uma entrevista.

A dica é: tente não ficar apavorado! Tudo é mera precaução e se não entender o que dizem, peça para que repitam mais devagar, afinal, você não tem nada a temer, se está entrando no país legalmente, não tem motivos para dar errado, concorda?

Todos os dias milhares de pessoas entram e saem da Irlanda, deixe o JEITINHO BRASILEIRO (odeio esse termo, mas sabemos do que se trata), fora daqui e de qualquer lugar que você for passar. Não tente mentir, trazer o que não deve nas malas ou burlar qualquer regra. Você poderá destruir seu sonho antes mesmo dele começar.

Uma coisa que fiz e me ajudou MUITO antes de chegar aqui é olhar no google o máximo de imagens e trajetos possíveis por onde eu passaria nos meus primeiros dias. Isso me ajudou a não chegar apavorada ou extremamente vislumbrada com tudo a ponto de esquecer os detalhes burocráticos. Com isso não tivemos nenhum tipo de problemas, nem na imigração, nem com acomodação ou conta do banco.

Cada um terá uma experiencia, mas o fato é que pensamento positivo ajuda muito e lembre-se, terá sempre alguém da 4U Study te esperando e com o telefone na mão caso suja qualquer imprevisto,  então respire fundo e vem 🙂

Intercâmbio para famílias

By Vida de Intercambista, ProgramasNo Comments

O intercâmbio também pode ser uma experiência, que deve ser dividida com toda a sua família.

Nesse novo tipo de modelo de curso de idiomas, as instituições disponibilizam turmas com as mais variadas idades, onde cada componente da sua família tem a possibilidade de aprender de acordo com suas condições e seus níveis de capacidade. E aí, que tal ir se aventurar no exterior, e de quebra poder levar toda sua família para se divertir?

O tempo de durabilidade deste curso é algo considerado bem versátil, no qual você tem direito de poder comparecer a um determinado curso, a partir de 2 semanas. Também, contam com opções que se encaixam no tempo de férias de seus filhos. Melhor ainda não é?

São considerados crianças as idades de 5 a 16 anos, e adultos sem um limite.

Quer opção mais acessível que essa? Acho que não é?!

O intercâmbio em familia pode ser a chance que você procurava, para dar um up em sua carreira ou viver um momento inesquecível ao lado de quem realmente importa. As opções de países são várias, então se esse é o programa certo para você venha falar conosco e se preparar para um dos melhores momentos da sua vida!

Quais os motivos para se fazer intercâmbio?

By Featured, Comportamento, Vida de IntercambistaNo Comments

Quando se ouve dizer na palavra intercâmbio, qual a ideia a propósito que surge em sua mente? Já parou para pensar no leque de opções que podem lhe oferecer? Será que existem agências que são especializadas nesse tipo de serviço e que lhe proporcionam um trabalho e uma faculdade fora de seu país?

Diante dessas dúvidas, reunimos para você, um artigo elaborado especialmente sobre essas questões, onde procuramos sanar todos os seus questionamentos e dúvidas sobre os reais motivos para se fazer um intercâmbio

Intercâmbio nada mais é que uma relação cultural entre as nações, ou seja, uma possível troca de informações devindas de diferentes países. Ai vem o seguinte questionamento, quais são os reais motivos para se fazer um intercâmbio? Para isso, devemos começar primeiramente a pensar quem está por trás desse universo de trocas culturais e como fazer.

Um dos primeiros fatores a serem pensados, é a questão de valor, você deve pensar o país em que seu bolso pode te levar. Logo que seu destino foi escolhido, será que você realmente domina um pouco a questão do idioma? Pois um dos requisitos para a convivência é a comunicação, certo?

Pensado nesses pontos, é hora de escolher qual agência lhe condiciona melhores condições? E você, já parou para pensar que existem agências especializadas nesse tipo de trabalho? Pois é, e uma das maiores que está por trás dessa transação, é a 4U Study.

É um pontapé crucial para o ensino, que tem por foco central, ser uma das maiores moderadoras da evolução profissional e cultural de quem procura se realçar no tão disputado mercado internacional. 

E por que fazer um intercâmbio através da 4U Study? De um modo simplificado, é uma agência séria que garante a você, a certeza de conforto, credibilidade, e a segurança que estará viajando em boas condições, sem se deparar com frustrações.

Quando se trata da relação entre educação e ter a oportunidade de morar em outro país, podemos nos deparar com reais motivos para se fazer um intercâmbio, e o que ele pode acrescentar a quem pretende ingressar em uma vida acadêmica. Geralmente, são alunos do ensino médio que passam um período fora, que variam de 6 meses a 1 ano.

Quando acontece isso, o estudante brasileiro que vai viajar para os Estados Unidos, irá estudar em uma escola americana e será hospedado na casa de um estudante americano, uma vez que, quando o estudante americano vier ao Brasil para estudar, irá se hospedar na casa do estudante brasileiro. Tratando-se de nível médio, o foco maior no caso dos estudantes, é a expectativa de conhecer um idioma novo, e aperfeiçoar outro que talvez já tenha um pouco de controle.

Contando também, com o vasto experimento de estar em outra realidade, longe de tudo e todos que já convive há muito tempo, tendo como objetivo principal a responsabilidade por morar fora, e na construção de seu caráter como uma pessoa autônoma.

Quando você já passou do nível médio de ensino, já cursa uma faculdade, está à procura de uma pós graduação ou até mesmo um mestrado, você tem a opção de usar sua experiência no intercâmbio para garantir uma vaga no mercado de trabalho. Isso mesmo! Já parou para pensar, que você poder ter o mesmo nível de estudos que um outro candidato, e mesmo assim ser escolhido, e ele não?

Pois então, isso se deve ao fato de que eles valorizarem a experiência que você teve fora do país, e com isso aumente sua credibilidade e suas chances de se sobressair no mercado, fazendo parte assim dos reais motivos para se fazer um intercâmbio. Hoje em dia, existem muitos estudantes que optam por estudar fora do país durante um certo período exatamente por esse leque de possibilidades que é aberto a você. As mudanças pessoais, os desafios da viagem, e principalmente o domínio de um novo idioma, é o que impulsiona o profissional a buscar novos estudos.

Sem dúvidas, um setor comercial, sempre dará prioridade de contratar aquele profissional que está sempre buscando um aperfeiçoamento, e o intercâmbio é um deles, sem a menor sombra de dúvidas. Especialmente as empresas multinacionais ou as que importam e exportam produtos. Até mesmo nas propostas para escolher os treinee, esse experimento é um quesito que faz total distinção ao currículo do candidato. Outro benefício, é o de descobrir talentos que as vezes nem você imaginava que possuía.

Tomamos como exemplo, a descoberta relacionada a algum esporte, seja ele aquático, esqui na neve, ou golfe, pois são alguns dos esportes que talvez você não tenha tido a oportunidade de praticar, e, talvez também, seria algo que você nunca teria tentado se não saísse do Brasil. Vão te proporcionar também, a chance também de aproveitar as mais diversificadas formas de se divertir e se distrair.

Peças de teatro, os mais variados tipos de festivais de música, filmes, exposições de artes, museus, danças culturais, são somente algumas das comemorações, que você terá direito de usufruir. E algo que vai te deixar muito feliz, a maioria deles tem a entrada gratuita! Outro dos reais motivos para se fazer um intercâmbio, é a construção de amizades, que é um dos privilégios de se estudar no exterior. É a abertura que você tem de conquistar novas amizades, de diferentes culturas e origens, que você vai ter o privilégio de levar pela resto de sua vida. Quando você ingressa em um intercâmbio, a escola de idiomas fará parte do seu cotidiano, abrindo a possibilidade de você estar sempre por perto de pessoas novas. Nesta condição, você sempre terá o contato imediato com origens diferenciadas, o que lhe acarretará um bom desenvolvimento em seus estudos.

Logo após ressaltarmos o que você irá aprender em um intercâmbio, vamos elencar a você uma sugestão de lista rápida ao tomar essa iniciativa, sendo alguns pontos de atribuições:

  • Conhecimento: praticar a falar fluentemente uma nova língua, é um grande desafio para quem busca uma nova opção de vida, morando em outro país, devido ao fato de estar morando fora, você automaticamente treina um novo idioma fora;
  • Atualização do seu idioma: se você já fala fluente outra língua, ótimo! Nada melhor que um treinamento para sempre melhorar;
  • Cultura: muito além de você já conhecer, ter a convivência e frequentar ambientes que lhe exponha uma nova cultura, é de suma importância que você respeite a cultura daquelas pessoas que os cercam, respeitando os valores, tradições e hábitos de cada povo;
  • A vida e suas experiências: o fato e você se tornar maduro e independente, conseguir sair da rotina, valorizar sua família que sempre está ao seu lado, e conseguir se conhecer melhor, saber sobre sua própria capacidade;
  • Vivenciar: saber desfrutar de experiências simples que você passava com sua família, e que no intercâmbio se torna muito valioso.

Há também, a importância de se contratar agências como a 4U Stady, e vamos citar os benefícios que você tem ao adquirir o pacote:

  • Segurança: quando se vai viajar, sem dúvidas, é uma das mais evidentes exigências. Fique de olho em quanto tempo a agência atua na áreas, o eu tem a oferecer, quantas lojas possui ao todo;
  • Certifique-se sempre dá credibilidade da empresa;
  • Acessibilidade: primeiramente, deve-se conhecer a agência e seus componentes, isso acarreta a você viajante, uma demanda facilitadora que varia de:
  • Encaminhamento de serviços do próprio suporte, que vai de uma simples emissão de carteirinhas, até a serviços prestados por despachantes;
  • Agilidade de pagamentos, e no cobrimento de aplicativos.
  • Prestação de informação: é aquilo que gera melhores condições no ao adquirir contrato com determinada agência.
  • Isso acomoda desde o princípio da escolha do destino da viagem, até datas previstas de ida e volta.
  • Rendimento e aproveitamento: se você analisar minuciosamente as etapas que foram inseridas acima, acaba que o estudante têm o os riscos de não se adaptar suspensos e vai poder aproveitar muito melhor tudo aquilo que o programa no qual foi adquirido, possa lhe oferecer.

Se você almeja realmente ingressar a um intercâmbio, faça essa lista e leve sempre consigo, assim você conseguirá conciliar o que você realmente necessita para realizar esse sonho. Como vimos, aprender uma língua nova fora do seu país, é uma forma muito positiva de resultados. A partir disso, vamos ver quais os benefícios que nos traz. Se seu desejo é conseguir adquirir uma fluência em um idioma que talvez você já saiba, ou em outro que você queira aprender, estudar fora será uma perfeita maneira de se tornar aproximado do idioma que você almeja aprender. Já se foi confirmado que esta é uma das mais eficazes maneiras de se aprender.

As vivências do dia-a-dia, com a comunidade presente, fazem com que o estímulo e o raciocínio do novo idioma se enriqueçam, no entanto, compreender novos tipos de vocabulários e línguas, que assegura a ótima junção para aprender rápido, concreto e duradouro. Para assegurar esse experimento e tornar que ele seja completo, é extremamente importante que você possa contar no Brasil.

Com a ajuda de uma agência que seja muito responsável de intercâmbio, que lhe encaminhará com relação às opções na escolha do seu curso de idiomas fora do seu país, que seja de forma integra com o estudante, ao busque sempre o melhor para suprir e incumbir as necessidades. Uma das opções encontradas de escola de idiomas, se trata da Experimento, que em sua grade curricular, tem o prazer de poder oferecer cursos, em 8 diferentes línguas, sendo eles em mais de 20 países, na qual se atribui apenas perante as melhores escolas de idiomas que se encontram no mundo.

Contudo, pudemos observar nesse artigo, o que é um intercâmbio, como podemos contratar um com segurança, a credibilidade que ele nos dispõe ao tentarmos ingressar na carreira de trabalho e os reais motivos para se fazer um intercâmbio. Portanto, se você deseja que sua carreira evolua, que você tenha muitas coisas a favor de seu lado profissional, pense no assunto.

Sobre ser intercambista

By Comportamento, Vida de IntercambistaNo Comments

Ser intercambista está muito mais ligado à descobertas do que estudos de uma nova língua ou cultura, ser intercambista esta diretamente ligado a mudanças internas que você encontrará vestígios pelo resto da sua vida (dramático, não?!).

O fato é que cada pessoa começa com o sonho de viajar pelo mundo com um objetivo diferente, uns querem apenas estudar, outros conhecer novos lugares, pessoas, culturas, outras querem apenas fugir das suas vidas… por fim, todos esses objetivos viram você de cabeça para baixo.

Depois de alguns anos em um intercâmbio olhamos pra trás e mal reconhecemos o que éramos no Brasil e ainda acreditamos que essa foi a melhor decisão que tomamos na minha vida, afinal nos transformamos pessoas mais responsáveis e de mente e coração aberto, somos mais alegres e decididos e muitas vezes, mais sérios e concentrados.

Sei que cada decisão, cada atitude vão interferir completamente no meu “amanhã” e por isso, ao mesmo tempo que sonho e aproveito, nunca fui tão planejada com os meus dias.

De todas as maneiras, tento transformar todos meus sonhos e pensamentos em realidade e acredite, a partir do momento que você deixa tudo que conhece, toda sua base familiar, seu emprego e amigos para trás você começa acreditar que nada é tão difícil quanto parece, em algum momento eu devo ter tomado uma dose incrível de coragem.

Ser intercambista também é se submeter aos olhares estranhos da população local, também é se enrolar na hora de pedir um almoço, é chorar no Skype, é ser cleaner, ser au pair, ser kitchen porter, é ser desbravador de pubs, é contar dinheiro e planejar trips pelo Mundo todo. É encontrar tantas culturas e se perder no meio delas também, é começar a pensar que talvez aqui seja o melhor lugar pra se viver (sim, isso acontece comigo) e não se sinta culpado ou egoísta, por achar que o Brasil não é mais sua casa, afinal, quando se ganha o Mundo é difícil criar raízes, mas é ai que esta magia.

serintercambista65161.jpg

Sim, eu tenho coisas ruins para contar, claro que tenho, mas perto das coisas boas que acontecem durante essa viagem de descobertas, tudo que é ruim fica pequeno. Você vai começar como intercambista e de repente vai virar cidadão do Mundo.

E não tenha medo de sonhar, de se perder e se achar, encontre a magia, pule, dance e celebre cada dia como se fosse o último, poucos tem a coragem de carregar esse “título”, então porquê não dar o seu melhor para ser diferente, para entender definitivamente que, aprender uma nova língua é só a ponta do iceberg de um intercâmbio!

Seja intercambista, seja de corpo, alma e coração, seja por inteiro o que muitos nunca serão. Seja luz e faça a diferença por onde passar.