Category

Comportamento

Conheça o Induction Gay

By Comportamento, IrlandaNo Comments

Induction Gay é uma iniciativa acolhedora da agência 4U Intercâmbio por meio dos consultores e também intercambistas Christian Albieri, Filipe Sarmento e Jéssica Rocha. 

No evento que acontece mensalmente na agência Dublin, são apresentados aos alunos, independente da sua orientação sexual, a história da aprovação do casamento entre pessoas do mesmo sexo na Irlanda e o que isso proporcionou positivamente para a comunidade LGBTQ+ dentro do país. 

Os consultores discorrem sobre como os intercambistas terão liberdade e segurança para expressarem sua sexualidade e além disso, é explicado sobre a *Helpline que dá suporte, orienta e acolhe membros da comunidade LGBTQ+ e também seus familiares.

Outro ponto importante esclarecido por meio de um bate-papo durante o Induction Gay é como a comunidade LGBTQ+ está inserida dentro da cultura irlandesa, apresentando o lifestyle no país, bem como a história da Parada do Orgulho LGBTQ+ na Irlanda e o que eles podem esperar desse grande evento anual.

Após a introdução e o bate-papo na base irlandesa da agência, os consultores e participantes saem pelas ruas de Dublin. Durante o tour os alunos e agregados são levados para conhecer os principais locais, pubs e baladas direcionados à comunidade LGBTQ+ e também os que são *Gay Friendly. 

A proposta desse dia especial é que seja um bate papo informal, descontraído e divertido, característica da personalidade das pessoas LGBTQ+, fazendo-os se sentirem acolhidos, representados e protegidos. Inclusive, o objetivo é que o Induction Gay seja a porta aberta do armário de alguns, que ainda podem estar “escondidos”, seja por medo ou talvez não entender ainda o que são como pessoas.

*Simpatizante LGBTQ+  é um termo usado para referir-se a lugares, políticas, pessoas ou instituições que procuram ativamente a criação de um ambiente confortável para as pessoas LGBTQ+

* Diferentes formas de ajudar as pessoas de uma determinada comunidade.

2019 vai ser o seu ano!

By Comportamento, Vida de IntercambistaNo Comments

Pode parecer clichê, mas esse ano passou voando não é mesmo?! E isso tem acontecido com mais frequência, e sabemos o principal motivo: vivemos correndo. Respire! Chegou a hora de pensar em você (e no seu intercâmbio)

O ano de 2019 pode ser o seu ano se você escolher muito bem suas prioridades. Afinal 2018 pode ter passado voando pois você simplesmente se esqueceu que os seus sonhos continuam esperando pela sua atenção. Nossa vida agitada nos leva acreditar que não temos tempo para nada, nem para nós mesmo, mas chega uma hora que o nosso peito grita, e quanto mais cedo você notar isso, melhor. 

Você deve ter diversos sonhos, mas quero falar de um em particular: o intercâmbio. Para cada pessoa o intercâmbio surge com um objetivo diferente, seja conhecer uma nova cultura, esquecer (ou achar) um amor, dar um up na carreira, aprender um idioma, viajar o Mundo ou apenas sair da zona de conforto e não importa o que você quer com esse projeto, importa apenas que o faça. 

Se tem dúvidas por onde começar:

  1. Escolha UM objetivo principal para o seu ano novo
  2. Lembre-se dele todos os dias, faça com que tudo a sua volta te leve até ele. Foco é tudo!
  3. Dedique-se a você. Deixe de lado costumes negativos e pessoas tóxicas, o ano é seu.
  4. Planeje uma viagem que agregue a valor ao teu objetivo.
  5. Cumpra suas metas. Tudo isso só depende das escolhas que você esta disposto a fazer daqui para frente.

Em 2019 invista em você, na sua carreira, nos seus sonhos. Faça um intercâmbio, uma viagem incrível com imersão cultural e aprendizado, use sua férias da faculdade, do trabalho ou tire alguns meses para encontrar sua nova vida. 2019 vai ser o seu ano, lembre-se disso!

Consultor 4U realizando um sonho: Renan Guimarães

By Comportamento, Irlanda, Vida de IntercambistaNo Comments

Olá futuro intercambista!

Meu nome é Renan Guimarães, tenho 28 anos, sou natural do Rio Grande do Sul e moro em Dublin desde fevereiro de 2017, um verdadeiro sonho viver aqui.  Sou formando em engenharia elétrica desde 2015 e decidi fazer meu intercâmbio em um país com a língua inglesa como idioma oficial para finalmente adquirir fluência no idioma para voltar ao Brasil (ou não) com confiança suficiente para participar de qualquer tipo de entrevistas de emprego na minha área de formação.

Após muito tempo de programação resolvi finalmente realizar esse antigo SONHO, então depois de ter juntado a primeira parte do dinheiro total do intercâmbio, entrei em contato com algumas agências de intercâmbio para já dar entrada no programa. Resolvi contratar uma agência de intercâmbio pois eu sabia que além de sair mais barato do que fechar diretamente com a escola, eu teria suporte para tudo o que eu precisasse.

Sobre os destinos disponíveis, já que eu gostaria de trabalhar durante meus estudos, fiquei na época em dúvida sobre Austrália e Irlanda. Depois de muito pesquisar, dois pontos foram cruciais para a minha decisão: valor da comprovação financeira e viabilidade de viajar durante o período do intercâmbio.

Escolhi a Irlanda com o intuito de aprender Inglês, trabalhar e viajar bastante gastando pouco.

Com relação às agências, depois de muito atendimento “robotizado”, fui indicado por uma amiga que já morava em Dublin para entrar em contato com a Carolina Cruz, uma das sócias da 4U STUDY que estava sendo fundada aqui. Desde o meu primeiro contato com a Carol, tive o melhor e mais sincero atendimento de todos, tanto é que não levei em conta apenas o lado financeiro, mas sim toda a confiança e conhecimento que ela me transmitiu via ligação/WhatsApp.

Depois de 6 meses que fechei meu intercâmbio, já com os Euros comprados (VTM), com as passagens e toda a documentação necessária em mãos, embarquei nessa que seria a viagem mais importante da minha vida!

Deixei para trás minha família, meus amigos, meu início de carreira na minha área de formação e obviamente minha zona de conforto, porém como eu estava indo atrás do meu antigo SONHO, eu sabia que realmente valeria à pena.

 

E depois de tanto planejamento, finalmente comecei meu intercâmbio

Cheguei em Dublin dia 01/02/2017, com uma vontade imensa de viver intensamente meu programa de intercâmbio sem pensar muito em tudo o que eu tinha deixado no Brasil.  A partir de março de 2017, recebi um convite para trabalhar ao lado da minha consultora e grande amiga Carol, devido a várias indicações que eu havia feito à agência por conta de realmente ter gostado da forma como eles tratam os clientes e funcionários da empresa. Desde então, comecei a seguir os seus passos com intuito de ajudar o maior número de pessoas que também sonham em sair do Brasil para aprender Inglês e que também sonham em viver uma vida completamente diferente aqui na Europa.

Para não ficar muito extenso, a minha vida aqui tem se resumido em: Estudar Inglês durante as aulas na IBAT College (onde sempre estudei); trabalhar na agência (4U STUDY) durante meu expediente; ajudar a galera que pretende vir, administrando alguns grupos de WhatsApp (+353838761644 caso queiram participar 😉) e elaborando alguns vídeos para meu antigo canal do YouTube (@reclamaqui)… e obviamente, viajando muito como podem perceber nos highlights do meu Instagram @renan4ustudy.

Atualmente estou na minha segunda renovação de visto e pretendo ficar por pelo menos mais dois anos, sendo 1 ano curso uma pós-graduação e outro ano com visto para trabalhar full-time.

O que está esperando para fazer teu intercâmbio também? Como posso te ajudar? Entre em contato conosco que estaremos por aqui para aqui para ajuda-lo da melhor maneira possível a também realizar esse grande SONHO de estudar/morar fora do Brasil, para que teu intercâmbio também seja um sucesso!

Aproveite e faça seu cadastro AQUI para que possamos conversar melhor sobre a realização do seu sonho, garanto que você não vai se arrepender.

Grande abraço, nos vemos por aí 😉

5 motivos para fazer intercâmbio em 2019

By Comportamento, Vida de Intercambista

Sabemos que no fundo ninguém precisa de motivos para viajar, principalmente se estivermos falando daquelas férias tão desejadas, mas quando falamos de intercâmbio a historia muda, afinal estamos falando de quase 1 ano fora, ou mais, sem contar tudo o que deixamos para trás, por isso intitulamos aqui os 5 motivos para você fazer intercâmbio em 2019 e não se arrepender.

 

Estou cansado da minha rotina / emprego

Passaram-se anos e de repente você se olha no espelho e percebe que esta no mesmo lugar, uma empresa que não te motiva ou uma rotina cansativa, casa – trabalho – academia – casa – trabalho… pode ser que essa rotina seja ótima para muita gente, mas para você não. Sair da sua zona de conforto pode ser libertador.

 

Sempre quis conhecer o Mundo / uma nova cultura

Sonhos são sonhos, não devemos simplesmente deixa-los de lado pois achamos muito difícil, muito caro, sou muito velho, muito novo. Pare de perder oportunidades e comece a conhecer as paisagens dos filmes e livros favoritos. Além de enriquecer sua alma com ótimas histórias você pode se transformar em uma pessoa totalmente nova.

 

Quero um ano sabático

E porque não? Anos trabalhando, estudando, nos dedicando a tudo e todos, menos a nós mesmos, permita-se viver a vida que sempre quis, descanse, não pense em nada e prepara-se (financeiramente e mentalmente) para um novo “você”. Aproveite esse período para descobrir novas paixões, hobbies, aprender uma nova língua e dar aquele UP na sua carreira também.

 

Estou em dúvida se caso ou compro uma bicicleta

Se você ainda tem dúvidas sobre qual caminho seguir, seja no amor ou na área profissional considere viver uma experiência nova longe de tudo isso. Uma viagem pode fazer com que você pense com mais clareza nas suas próximas decisões e ainda te proporcionar uma mudança radical (que muitas vezes precisamos). Já pensou em antes mesmo de casar fazer um intercâmbio a dois? Seria um teste e tanto para vocês dois. Repense 😉

 

Sofri uma grande perda, preciso de mudanças

Toda perda trás uma dor, um sentimento de solidão e muitas vezes nos vemos perdidos, sem muitas opções. Você pode ter pedido alguém da família, um emprego que era importante, ou terminou um namoro, não importa o que foi, o que importa é que as vezes precisamos de “novos ares” e, mais uma vez, fazer uma viagem, um intercâmbio, pode ser a resposta para curar tua ferida. Lembre-se que não estamos pedindo para fugir dos seus problemas, mas sim se afastar para conseguir enxergar tudo por outro ângulo.

 

Existem diversos outros motivos (ou desculpas) para percorrer o mundo, encontre o seu, afinal muitas vezes nem de motivos precisamos, não é mesmo? Você pode conversar com um dos nossos consultores agora mesmo e entender o porque eles também tomaram essa decisão, CLIQUE AQUI e have a nice trip.

Sentir

By Comportamento, Vida de IntercambistaNo Comments

Eu posso definir esse passo que estou dando com a palavra “sentir”.
Mas Mari? Sentir?

Eu decidi ir embora, porque já não sentia o meu coração acelerar, não sentia frio na barriga.

O que me move são os sonhos. Sonhei e lutei para ser uma publicitária. Realizei!
Sonhei que iria trabalhar em uma grande agência de publicidade, eu trabalhei muito, e realizei.
No final do ano passado, no mês de outubro, eu comecei a pensar sobre qual seria meu próximo sonho. Meus sonhos, são metas. O meu emprego já não era tão bom. Meu diploma de publicitária, não me bastava também, eu literalmente não queria mais. Eu queria muito MAIS.
Em novembro eu fechei meu intercâmbio e desde então, não tenho dúvidas que essa foi a melhor decisão da minha vida. Muitas coisas não saíram como eu planejei, saíram melhores, Deus cuida dos meus sonhos direitinho. E cá estou eu, na véspera do embarque, emotiva, sentindo, feliz. Mas, chorando.

Chorando? Sim minha gente!

Eu sinto, é bom SENTIR MUITO! Já to sentindo frio na barriga, saudade , um medinho que dói o estômago. O sentir mostra que estamos saindo da zona de conforto, que estamos criando asas e dando vida aos nossos sonhos.

E se posso dar uma dica,

Sinta,
Sonhe,
Trace metas,
Realize e
Desencana que a vida engana!
E como digo e repito p/ mim.
Desencana Mariana!

Beijos,
Mariana,

A mais nova intercambista 4U Study e moradora de Cork, na Irlanda

O que levar na minha bagagem para intercâmbio na Irlanda?

By Comportamento, Destinos, Imigração, Irlanda

O que podemos levar como bagagem para intercâmbio na Irlanda sem corrermos o risco de passar por apuros ao chegarmos no Brasil? Neste artigo, vamos falar sobre o que podemos levar nas malas e o que podemos comprar para trazer ao Brasil. Claro, sem cometer irregularidades! Acompanhe.

Limites de peso e volumes

O caso de bagagem para intercâmbio, como qualquer outro, deve atender a definições estabelecidas pela companhia de aviação e determinações de órgãos de fiscalização.

Sua bagagem faz parte de todo o processo de realização do intercâmbio e, dessa forma, não há como se descuidar em transitar com alguma coisa que não seja permitida.

Assim, algumas precauções devem ser adotadas para não correr riscos, tais como:

  • Limite de malas e pesos – regulados pela Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC) que define a quantidade máxima de despacho e bagagens de mão, assim como estabelece suas dimensões máximas.
    Atualmente são permitidos despachar duas malas de 32 Kg, cada uma, essas regras valem tanto para voos de partidas e chegadas ao Brasil e as condições sempre devem ser definidas pelo país de onde os voos se originam.As bagagens de mão devem ter tamanho que permita ser acomodadas nos compartimentos específicos dentro da cabine. As dimensões são definidas por cada companhia aérea, considerando os limites definidos pela ANAC.Bom lembrar que é proibido embarque nas bagagens de mão com materiais cortantes, ferramentas e líquidos em embalagens acima de um litro.
  • Relacione os itens que vai levar – essa é uma dica importante para não esquecer de coisas importantes e que usará no local de destino.
    Defina com precisão a quantidade de roupas mais propícias a ser usadas durante sua estada; caso contrário, pode acabar levando roupas inapropriadas e só ocupar espaço na bagagem;
  • Avalie a possibilidade de comprar itens locais – assim, você conseguirá reduzir a quantidade de itens que levará.
    Normalmente, itens básicos de higiene e roupas podem ser bem em conta em países estrangeiros.

Essas são algumas dicas básicas para auxiliar a compor sua bagagem e não levar em excesso itens que não usará.

Transportando medicamentos de uso contínuo

Para compor uma bagagem para intercâmbio adequada, é interessante observar os cuidados com medicamentos de uso contínuo.

  • Mantenha os medicamentos nas embalagens originais, para facilitar a fiscalização;
  • Receita médica correspondente aos medicamentos usados, sendo o ideal ter receita em inglês com o nome completo;
  • Caso sua estada seja superior a três meses e já possua todo o medicamento para o período deve declarar isso a imigração;
  • Nunca embarque com medicamentos em quantidades superiores ao período de sua estada no país, para não haver questionamentos pela imigração;
  • Sempre que possível não despache os medicamentos para evitar riscos de extravios, desde que sejam em pequena quantidade.

Precauções no retorno ao Brasil

O retorno ao Brasil deve ser bastante criterioso quanto à sua bagagem para que sua bagagem não seja tributada de forma indevida.

Alguns itens são isentos de tributação e deve ocorrer bastante cuidado para evitar transtornos.

Livros, jornais, revistas e itens de consumo pessoal que estejam reingressando no país. Roupas, acessórios, perfumes, também não sofrem tributação.

No entanto alguns itens não são isentos como notebooks, celulares e filmadoras, desde que não sejam usados, comprovando que eram da pessoa.

Limites de valores e declaração de bens

Sua bagagem deve considerar os limites globais de compras no exterior de US$ 500,00 – cerca de   R$ 2.000.

Se esse valor for excedido, ocorrerá multa e tributação.

Dentro dos limites estabelecidos, é permitido adquirir alguns itens e com definições de quantidades limitadas por pessoa:

  • Roupas e sapatos;
  • Câmera filmadora;
  • Equipamentos e lentes fotográficas;
  • Vídeo game, notebooks e equipamentos eletrônicos;
  • Relógio;
  • Bebidas, cigarros e cosméticos;
  • Lembranças e presentes.

Comprovações de compras no exterior

As comprovações de compras no exterior são realizadas através de documentos fiscais idôneos e da DBA – Declaração de Bagagem Acompanhada. Só assim estará devidamente comprovada a legalidade de suas compras junto às autoridades aduaneiras.

O que achou de conhecer um pouco mais a respeito da bagagem para intercâmbio na Irlanda?

Para saber muito mais sobre intercâmbio, fale com a gente!